FITA COLA

FITA COLA

Em FITA COLA, três personagens habitam um veículo-caravana contagiando o público por entre música e muita interação. A fantasia de um mundo imaginário que brota desta fita delgada e estreita, uma matéria maleável e colante que se transforma na matéria prima da comunicação. Um projeto de grande interação com a audiência que, peripécia atrás de peripécia, é convocada a entrar no jogo, dando a este mundo de fantasia a dimensão de reflexão sobre o nosso quotidiano, onde, cada vez mais, tudo o que nos rodeia é plástico e superficial. Mais do que um espetáculo, mais que uma instalação, mais que uma parada, FITA COLA é acima de tudo um convite à libertação da rotina, do afastamento que tantas vezes nos aflige e tantas vezes nos impede de, num mundo plástico, podermos ser mais humanos.

In FITA COLA, three characters inhabit a vehicle-caravan infecting the audience through music and lots of interaction. The fantasy of an imaginary world that springs from this thin, narrow ribbon, a soft and sticky material that becomes the raw material of communication. A project of great interaction with the audience that, after a peripécia, is invited to enter the game, giving this fantasy world the dimension of reflection on our daily life, where, increasingly, everything around us is plastic And superficial. More than a spectacle, more than an installation, more than a stop, FITA COLA is above all an invitation to release from the routine, from the distance that often distresses us and so often prevents us from being able to become more human in a plastic world.


Itinerante Itinerant
M/6

Advertisements